terça-feira, 22 de abril de 2008

Cruzeiro e Atlético - todas as decisões do título de campeão mineiro

O Clássico Cruzeiro e Atlético decidiu por diversas vezes os títulos de "campeão mineiro". Houve 12 decisões diretas em 1962, 1967, 1972, 1976, 1977, 1985, 1987, 1990, 1998, 2000, 2004 e 2007 mas em outras 9 oportunidades o confronto acabou se transformando no jogo do título em 1960, 1963, 1973, 1974, 1975, 1982, 1984, 1988 e 1995.

DECISÕES DIRETAS DO CAMPEONATO MINEIRO

Campeonato Mineiro de 1962
10/02/1963 - Cruzeiro 1 X 0 Atlético - Independencia
13/02/1963 - Atlético 2 X 1 Cruzeiro - Independencia
15/02/1963 - Atlético 2 X 1 Cruzeiro - Independencia
*Cruzeiro e Atlético terminaram o Campeonato com o mesmo número de pontos e tiveram que decidir o título numa melhor de três partidas. O Atlético conquistou duas vitórias na série, sendo a última, com o gol da vitória marcado na prorrogação e ficou com o título

Campeonato Mineiro de 1967
14/01/1968 - Cruzeiro 3 x 1 Atlético - Mineirão
21/01/1968 - Cruzeiro 3 x 0 Atlético - Mineirão
*Cruzeiro e Atlético terminaram o Campeonato com o mesmo número de pontos e tiveram que decidir o título numa melhor de três partidas. O Cruzeiro conquistou duas vitórias seguidas eliminando a necessidade de uma terceira partida e ficou com o título

Campeonato Mineiro de 1972
07/09/1972 - Cruzeiro 2 x 1 Atlético - Mineirão
*Cruzeiro e Atlético terminaram a fase final com o mesmo número de pontos e tiveram que decidir o título numa partida extra. O Cruzeiro venceu e ficou com o título

Campeonato Mineiro de 1976
27/03/1976 - Atlético 2 x 0 Cruzeiro - Mineirão
03/04/1976 - Atlético 2 x 0 Cruzeiro - Mineirão
*Cruzeiro e Atlético terminaram a fase final com o mesmo número de pontos e tiveram que decidir o título em duas partidas. O Atlético venceu ambas e ficou com o título

Campeonato Mineiro de 1977
25/09/1977 - Cruzeiro 0 x 1 Atlético - Mineirão
02/10/1977 - Cruzeiro 3 x 2 Atlético - Mineirão
09/10/1977 - Cruzeiro 3 x 1 Atlético - Mineirão
*O Atlético campeão do 1. turno decidiu o título de campeão mineiro com o Cruzeiro que sagrou-se campeão do 2. turno numa serie de tres partidas. O Cruzeiro venceu duas partidas da série, sendo a última, com os dois gols da vitória marcados na prorrogação e ficou com o título

Campeonato Mineiro de 1985
08/12/1985 - Atlético 0 x 0 Cruzeiro - Mineirão
11/12/1985 - Atlético 2 x 2 Cruzeiro - Mineirão
15/12/1985 - Atlético 1 x 0 Cruzeiro - Mineirão
*O Cruzeiro campeão do 1. turno decidiu o título de campeão mineiro com o Atlético que sagrou-se campeão do 2. turno numa serie de tres partidas. O Atlético venceu a última partida da série com o gol da vitória marcado na prorrogação e ficou com o título

Campeonato Mineiro de 1987
29/07/1987 - Cruzeiro 0 x 0 Atlético - Mineirão
02/08/1987 - Cruzeiro 2 x 0 Atlético - Mineirão
*O Atlético campeão do 1. turno decidiu o título de campeão mineiro com o Cruzeiro que sagrou-se campeão do 2. turno numa serie de duas partidas. O Cruzeiro venceu a última e ficou com o título

Campeonato Mineiro de 1990
03/06/1990 - Cruzeiro 1 x 0 Atlético - Mineirão
*O Cruzeiro campeão do 1. turno decidiu o título de campeão mineiro com o Atlético que sagrou-se campeão do 2. turno em uma partida extra. O Cruzeiro venceu e ficou com o título

Campeonato Mineiro de 1998
07/06/1998 - Cruzeiro 3 x 2 Atlético - Mineirão
11/06/1998 - Cruzeiro 0 x 0 Atlético - Mineirão
*O Atlético pela melhor campanha em todas as fases jogou por dois resultados iguais na decisão em duas partidas. Com uma vitória na 1a partida o Cruzeiro desfez a vantagem e um empate na 2a partida garantiu o título.

Campeonato Mineiro de 2000
03/06/2000 - Atlético 2 x 1 Cruzeiro - Mineirão
08/06/2000 - Atlético 1 x 1 Cruzeiro - Mineirão
*o Atlético classificou-se para a decisão do Campeonato como 1. colocado da 2a fase e o Cruzeiro como 2. colocado. O Atlético levou um ponto de bônus e jogava por três empates para ficar com o título. O Cruzeiro precisava de uma vitória simples para desfazer a vantagem do rival. O Atlético venceu o 1o jogo da série e com um empate no 2o jogo evitou o 3o jogo e ficou com o título.

Campeonato Mineiro de 2004
11/04/2004 - Cruzeiro 3 x 1 Atlético - Mineirão
18/04/2004 - Cruzeiro 0 x 1 Atlético - Mineirão
*O Atletico pela melhor campanha em todas as fases jogou por dois resultados com o mesmo saldo de gols na decisão em duas partidas. Na 1a partida o Cruzeiro venceu com uma vantagem de dois gols de diferença e o Atlético não conseguiu igualar o saldo, mesmo vencendo, na 2a partida. Assim o Cruzeiro garantiu o título.

Campeonato Mineiro de 2007
29/04/2007 - Atletico 4 x 0 Cruzeiro - Mineirão
06/05/2007 - Atlético 0 x 2 Cruzeiro - Mineirão
*O Cruzeiro pela melhor campanha em todas as fases jogou por dois resultados com o mesmo saldo de gols na decisão em duas partidas. Na 1a partida o Atletico venceu com uma vantagem de 4 gols de diferença e o Cruzeiro não conseguiu igualar o saldo mesmo vencendo a 2a partida. Assim o Atlético garantiu o título.

DECISÕES INDIRETAS DO CAMPEONATO MINEIRO

Campeonato Mineiro 1960
22/01/1961 - Cruzeiro 0 x 0 Atletico - Estádio Independencia
*o empate deu o título para o Cruzeiro que tinha o Siderurgica como o concorrente mais próximo. O Atletico terminou o Campeonato em 5o lugar e nao tinha mais chances

Campeonato Mineiro 1963
01/12/1963 - Atlético 1 x 1 Cruzeiro - Estádio Independencia
*o empate no classico mais a vitória do América sobre o Democrata, de Sete Lagoas, que era o adversário mais próximo, deu o título ao Atletico com uma rodada de antecipação. O Cruzeiro estava a 6 pontos e não tinha mais chance.

Campeonato Mineiro 1973
19/08/1973 - Cruzeiro 1 x 0 Atletico - Estádio Mineirão
*Na preliminar, o América venceu o Uberaba e somou 7 pontos eliminando o Atlético e o Uberaba da disputa pelo título. Na partida de fundo, o América torcia pela derrota do Cruzeiro no classico para confirmar o título. O Cruzeiro venceu o Atlético e ficou com o título.

Campeonato Mineiro 1974
15/12/1974 - Cruzeiro 3 x 1 Atlético - Estádio Mineirão
*ambos chegaram com o mesmo numero de pontos na última rodada da fase final. O Cruzeiro venceu e conquistou o título

Campeonato Mineiro 1975
22/02/1976 - Cruzeiro 1 x 0 Atlético - Estádio Mineirão
*na última rodada da fase final o Cruzeiro estava com um ponto de diferença na classificação. Venceu o clássico e garantiu o tetra-campeonato.

Campeonato Mineiro 1982
05/12/1982 - Atlético 2 x 1 Cruzeiro - Estádio Mineirão
*na última rodada da fase final o Atlético estava com um ponto de diferença na classificação. Venceu o clássico e garantiu o penta-campeonato.

Campeonato Mineiro 1984
09/12/1984 - Cruzeiro 0 x 1 Atlético - Estádio Mineirão
*o Cruzeiro havia vencido o 1o turno e caso conquistasse o 2o turno seria o Campeão Mineiro. O Atlético precisava a decisão do 2o turno e provocar uma decisão extra pelo título estadual. O Cruzeiro goleou por 4 a 0, o 1o jogo, disputado em 05/12/1984. O Atlético não conseguiu desfazer a vantagem de gols obtida pelo Cruzeiro no 1o jogo e só venceu o 2o jogo por 1 a 0. O Cruzeiro sagrou-se campeão.

Campeonato Mineiro 1988
10/07/1988 - Atlético 1 x 0 Cruzeiro - Estádio Mineirão
*o Atlético havia vencido o 1o turno e caso conquistasse o 2o turno seria o Campeão Mineiro. Ambos chegaram a última rodada do 2o turno com o mesmo numero de pontos. O Cruzeiro precisava vencer o classico para sagrar-se campeão do 2o turno e provocar uma decisão extra. O Atlético Venceu o classico sagrando-se campeão.

Campeonato Mineiro 1995
04/06/1995 - Atlético 3 x 1 Cruzeiro - Estádio Mineirão
*o Atlético havia vencido o 1o turno e caso conquistasse o 2o turno seria o Campeão Mineiro. O adversário direto do Atlético no 2o turno era o América que estava a dois pontos atrás na classificação e torcida por uma vitória do Cruzeiro para ficar com o título do turno e provocar uma decisão extra pelo título estadual. O Atlético venceu o classico e ficou com o título.

Classicos que decidiram o Campeonato de Belo Horizonte

O Clássico Cruzeiro e Atlético também decidiu os títulos dos Campeonatos de Belo Horizonte. Houve apenas três decisões diretas em 1940, 1954 e 1956, mas em outras seis oportunidades o confronto acabou se transformando no jogo do título em 1927, 1929, 1938, 1942, 1946 e 1949.

DECISÕES DIRETAS DO CAMPEONATO DE BELO HORIZONTE

Campeonato de Belo Horizonte de 1940
29/12/1940 - Atlético 1 X 3 Cruzeiro - Estádio de Lourdes
05/01/1941 - Cruzeiro 1 X 2 Atlético - Estádio do Barro Preto
12/01/1941 - Cruzeiro 2 X 0 Atlético - Estádio da Alameda
*o Campeonato previa três turnos, mas devido a longa paralisação provocada pela formação da Seleção Mineira, só foi disputado até a metade do 2. turno. Os clubes entraram num colapso financeiro e uma assembléia geral decidiu que o título deveria ser disputado entre os lideres Atletico e Cruzeiro numa melhor de três partidas. Com duas vitórias na série o Cruzeiro levou o título.

Campeonato de Belo Horizonte de 1954
17/04/1955 - Atlético 2 x 0 Cruzeiro - Independência
22/04/1955 - Atlético 3 x 0 Cruzeiro - Independência
24/04/1955 - Atlético 1 x 1 Cruzeiro - Independência
01/05/1955 - Atlético 2 x 0 Cruzeiro - Independência
*o Atletico venceu o 1. turno levando 10 pontos extras para a decisão. O Cruzeiro conquistou o 2. e o 3. turnos levando 20 pontos. O regulamento definia que cada vitória na série decisiva valeria 5 pontos e o empate 2,5 pontos e que seria campeão a equipe que somasse 25 pontos. Com três vitórias na série o Atlético desfez a vantagem do Cruzeiro e conquistou o título.

Campeonato de Belo Horizonte de 1956
23/05/1957 - Cruzeiro 1 x 1 Atlético - Independência
26/05/1957 - Atlético 0 x 0 Cruzeiro - Independência
02/06/1957 - Atlético 1 x 0 Cruzeiro - Independência
*O Atlético campeão do 1. turno disputou o título com o Cruzeiro que conquistou o 2. turno numa melhor de três partidas. O Atlético escalou o lateral esquerdo Laércio que estava inscrito irregularmente no Campeonato. O Cruzeiro entrou com um recurso pedindo os pontos do 2. jogo, já que o prazo para o 1. jogo havia se esgotado. O recurso foi aceito pelo STJD que obrigou a Federação Mineira a marcar uma 4. partida. O Atlético recorreu sem sucesso em várias instancias e em março de 1959 os clubes aceitaram a proposta do Conselho Nacional do Desporto em dividir o título. A briga nos tribunais provocou o rompimento de relação entre os clubes que durou um ano.

DECISÕES INDIRETAS DO CAMPEONATO DE BELO HORIZONTE

Campeonato de Belo Horizonte de 1927
27/11/1927 - Atletico 9 X 2 Cruzeiro - Estádio do América
*na penúltima rodada o Atlético estava com dois pontos de diferença sobre o América na classificação. O América, que ainda tinha um jogo a cumprir contra o proprio Atlético, torcia por uma vitória do Cruzeiro que já estava fora da disputa pelo título, e ainda teria que vencer o classico da última rodada para provocar uma decisão extra do Certame. O Atlético Venceu o Cruzeiro e garantiu o título com uma rodada de antecipação.

Campeonato de Belo Horizonte de 1929
17/11/1929 - Cruzeiro 5 x 2 Atlético - Estádio do Barro Preto
*na penúltima rodada o Cruzeiro estava com dois pontos de diferença sobre o Atletico na classificação. O Cruzeiro ainda tinha mais uma partida a cumprir contra o Sete de Setembro. O Atlético teria que vencer o clássico e ainda torcer por um tropeço do Cruzeiro diante do Sete na última rodada para ficar com o título. O Cruzeiro venceu o clássico e sagrou-se campeão com uma rodada de antecipação.

Campeonato de Belo Horizonte de 1938
18/09/1938 - Atlético 1 x 0 Cruzeiro - Estádio da Alameda
*o clássico foi disputado na 1a rodada do 3o turno e o Atlético tinha uma vantagem de 10 pontos sobre os vice-líderes, América, Siderúrgica e Villa Nova. O Cruzeiro não tinha mais chances de disputar o título. O Atlético venceu o clássico e conquistou o Campeonato ainda restando quatro partidas a cumprir.

Campeonato de Belo Horizonte de 1942
04/10/1942 - Cruzeiro1 x 2 Atlético - Estádio do Barro Preto
*o clássico foi disputado na penúltima rodada e o Atletico estava com 3 pontos de vantagem sobre o vice-líder Cruzeiro, que precisava vencer a partida e o América na última rodada, além de torcer por uma derrota do galo contra o Villa Nova. O Atlético venceu e sagrou-se campeão com uma rodada de antecipação.

Campeonato de Belo Horizonte de 1946
22/09/1946 - Atlético 2 x 0 Cruzeiro - Estádio da Alameda
*o classico foi disputado na antepenúltima rodada e o Atletico estava com 6 pontos de vantagem sobre o vice-líder Cruzeiro, que precisava vencer a partida e os dois jogos restantes contra o Siderúrgica e o Metalusina e ainda torcer pela derrota do galo contra o Metalusina e o Sete. O galo venceu o clássico e conquistou o título com duas rodadas de antecipação.

Campeonato de Belo Horizonte de 1949
06/11/1949 - Cruzeiro 1 x 1 Atlético
*o clássico foi disputado na última rodada com o Atlético dividindo a liderança com o América. O Atlético empatou com o Cruzeiro, mas ficou com o título beneficiado com a derrota do América para o Siderúrgica por 4 a 2.

sexta-feira, 11 de abril de 2008

NONÔ II - Atacante foi o autor do gol mais rápido da história do classico entre Cruzeiro e Atletico

Faleceu nesta quarta-feira, 10 de abril de 2008, o ex-ponta direita do Cruzeiro Nonô II. Ele atuou entre 1949 e 1951. Disputou 40 partidas e marcou 12 gols.

Nonô veio do Inconfidência, um time amador de Belo Horizonte, em junho de 1949. Como já havia um outro Nonô no time, um artilheiro conhecido em todo o estado, passou a ser chamado de Nonô II.

Entrou para a história do clássico Cruzeiro e Atlético ao marcar o gol mais rápido do confronto. Foi num amistoso em 22/06/1950, no estádio do Barro Preto. O Cruzeiro venceu por 2 a 0 com dois gols de Nonô II, sendo o primeiro marcado aos 7 segundos de jogo. Após a saída de bola, o meia Guerino apanhou um lançamento e tocou rápido para Nonô II, que na área, chutou de primeira com a bola batendo na trave direita antes de entrar para o gol.

Seu contrato terminou em junho de 1951 e o atacante foi para a Portuguesa Santista-SP. Também teve passagens pelo Santos, Jacarezinho-PR e Fluminense de Araguari.

Francisco de Almeida Rosa, o Nonô II, nasceu em Igarapé-MG e estava com 82 anos de idade. Ao encerrar a carreira tornou-se comerciante. Morreu devido a complicações do Mal de Alzheimer. O ex-jogador vivia em Navegantes-SC, cidade natal de sua esposa, há 39 anos. Teve quatro filhos.