quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Por onde andam os campeões ?


Por onde anda os campeões da Copa São Paulo de Futebol Junior de 2007? Há dois anos da conquista inédita do Clube pouco se fala dos jogadores que levantaram a taça do título nacional da categoria junior mais tradicional no país. Ainda naquele ano os heróis ainda levantariam mais um título para o Clube: o Brasileiro Sub-20.
O Cruzeiro sagrou-se campeão da Copinha com os seguintes resultados:
07/01/2007 - 2 x o Portuguesa (SP) - 1a fase
10/01/2007 - 6 x 0 Nautico (RR) - 1a fase
14/01/2007 - 1 x 1 Amparo (SP) - 1a fase
16/01/2007 - 3 x 2 Corinthians (SP) - 2a fase
18/01/2007 - 2 x 1 Vitória (BA) - Oitavas de final
20/01/2007 - 6 x 2 São José (SP) - Quartas de final
23/01/2007 - 5 x 4 São Bernardo (SP) - Semifinal
25/01/2007 - 1 x 1 São Paulo (SP) - Final
tiros livres: Cruzeiro 6 a 5
Por onde andam os campeões:

RAFAEL (Goleiro) - Está com 19 anos. Foi integrado ao plantel profissional em 2008 e, atualmente, é o terceiro reserva.

AFONSO (lateral direito) - Está com 21 anos. Após a conquista da Copa foi emprestado ao Itaúna de julho de 2007 a maio de 2008. Emprestado ao Ipatinga de agosto de 2008 a agosto de 2009. Renovou contrato com o Cruzeiro até julho de 2.011

MAICON (zagueiro) - Está com 20 anos. Após a conquista permaneceu no time junior e chegou a disputar uma partida pelo time principal contra o Atlético, na vitória por 2 a 0, no segundo jogo da decisão do Campeonato Mineiro. Em maio de 2008 participou de uma excursão de um time secundário formado por jogadores não aproveitados no plantel. Foram três jogos em Portugal que os jogadores foram oferecidos aos clubes e empresários portugueses. Maicon foi o único que o clube conseguiu fechar negócio sendo emprestado ao Nacional da Madeira, de Portugal, até junho de 2.010

WELLINGTON (zagueiro) - Está com 20 anos. Após a conquista da Copa São Paulo permaneceu no time de junior e treinando entre os profissionais, onde chegou a atuar em duas partidas sendo uma delas na vitória por 2 a 0 sobre o Atletico, no segundo jogo da decisão do Campeonato Mineiro quando marcou um dos gols. Foi emprestado ao Botafogo (RJ) de janeiro até dezembro de 2009

ANDERSON (lateral esquerdo) - Está com 20 anos. Após a conquista da Copa São S. Paulo foi integrado ao plantel profissional e participou de quatro partidas em toda a temporada. Em dezembro de 2007 foi convidado para fazer um estágio no Ájax da Holanda, juntamente com o atacante Jonathas, mas não ficou. Esta emprestado ao Ipatinga até julho de 2009

PAULINHO DIAS (volante) - Está com 20 anos. Após a conquista foi integrado aos profisionais tendo disputado 9 partidas na temporada. Em 2008 foi emprestado ao Ipatinga para a disputa do Campeonato Brasileiro.

ALDO (volante) - Vai completar 21 anos em fevereiro. Antes da disputa da Copa São Paulo já era conhecido da torcida quando disputou três partidas pelo time principal em 2006. Após o título foi emprestado ao América para a disputa do Campeonato Mineiro. Retornou ao time profissional e disputou mais três partidas na temporada. Em 2008 foi emprestado ao Cabofriense para a disputa do Campeonato Carioca. Em julho foi emprestado ao CRB-AL para a disputa do Brasileiro da Serie B. Seu contrato com o Cruzeiro vigora até novembro de 2009

CARLOS MAGNO (volante) - Está com 20 anos. Permaneceu no junior cruzeirense. Foi emprestado ao Cabofriense-RJ para a disputa do Campeonato Carioca de 2009

LUIZ FERNANDO (Armador) - Esta com 20 anos. Após o título permaneceu no time junior e foi integrado aos profissionais em 2008, quando chegou a disputar duas partidas pelo Campeonato Mineiro. Em junho de 2008 foi emprestado ao Ipatinga para a disputa do Campeonato Brasileiro. O empréstimo encerra em julho de 2009

GUILHERME (atacante) - Está com 20 anos. Após a Copa foi promovido ao time profissional e conquistou a posição de titular no Campeonato Brasileiro e tornou-se ídolo da torcida. Em sua trajetória no profissional marcou 36 gols em 84 jogos.

JONATHAS (atacante) - Está com 19 anos - Antes da Copa São Paulo já era conhecido da torcida cruzeirense. Foi integrado aos profissionais em agosto de 2006 quando disputou 7 partidas. Após a conquista da Copa São paulo foi emprestado ao Ipatinga. Em dezembro de 2007 foi convidado para fazer um estágio no Ájax da Holanda, juntamente com o lateral esquerdo Anderson, mas não ficou. Disputou o Campeonato Mineiro de 2008 pelo Villa Nova. Em agosto de 2008 teve 65% dos direitos vendidos ao AZ Alkmaar, da Holanda, por 600 mil euros. O Cruzeiro ainda detém 35%

MAURICIO (Lateral direito) - Está com 20 anos. Encerrou contrato com o Cruzeiro e se transferiu para o Bangu para disputar o Campeonato Carioca.

CARLOS (Volante) - Está com 21 anos. Permaneceu no plantel junior apos a conquista.

MARCOS (Lateral direito) - Está com 19 anos. Permaneceu no plantel junior apos a conquista. Foi emprestado ao Ipatinga em 2009

PABLO (volante) - Está com 19 anos. Permaneceu no plantel junior apos a conquista. Emprestado ao Ipatinga em 2009

MARCIO GOMES (Atacante) - Está com 21 anos. Após a conquista permaneceu no plantel junior. Em 2008 foi promovido ao time profissional e chegou a disputar uma partida pelo Campeonato Mineiro. Em março de 2008 foi emprestado ao Joinville-SC e de junho de 2008 a maio de 2009 ao Marilia-SP

VINICIUS (Atacante) - Está com 21 anos. Permaneceu no plantel junior após a conquista. Em 2008 foi emprestado ao BK Hacken/206, da Suécia.

SIMÕES (Zagueiro) - Está com 20 anos. Permaneceu no plantel junior após a conquista, mas treinando entre os profissionais, quando chegou a disputar uma partida. Emprestado a Cabofriense de janeiro a abril de 2009 para a disputa do Campeonato Carioca.

JOABE (Atacante) - Está com 19 anos. Permaneceu no time junior após a conquista. Em 2008 passou a treinar entre os profissionais e disputou tres partidas pelo Campeonato Mineiro. Emprestado ao Villa Nova em 2009

DOUGLAS BORGES (Goleiro) - Está com 18 anos. Era juvenil na época da conquista. Ainda é junior do Cruzeiro.

WILLIAM (Goleiro) - Está com 19 anos. Foi emprestado ao Itauna em 2008. Em agosto teve o contrato rescindido com o Cruzeiro e foi para o Juventude (RS). Está sem clube em 2009.
JOSIMAR (Lateral direito) - Está com 20 anos. Foi dispensado do Cruzeiro em 2008.

DIEGO (Zagueiro) - Está com 19 anos. Emprestado ao Ipatinga em 2009

CARIRI (Lateral esquerdo) - Está com 20 anos. Foi dispensado pelo Cruzeiro em 2009.

GILTON (Lateral esquerdo) - Está com 19 anos. Não ganhou contrato profissional e é registrado como amador do Clube.

MAGNO (Armador) - Está com 20 anos. Após a conquista foi para o Joinville. Esteve no Flamengo em 2008 e em 2009 está sem clube.

WAGNER (Atacante) - Está com 19 anos. Emprestado ao Ipatinga em 2009

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Campeonato Mineiro 1996 - O Uberlandia colaborou para o título mais surpreendente da história do estadual

O Cruzeiro de Marcelo Ramos e Palhinha venceu o América por 1 a 0 na última rodada do Mineiro de 1996

O Uberlândia colaborou para o título do Cruzeiro no Estadual de 1996. O certame foi decidido num hexagonal e o Atlético chegou a última rodada com um ponto de vantagem sobre o Cruzeiro. O alvinegro enfrentou o Uberlândia em crise, com a pior campanha das finais e com a maioria do plantel acusado de baladeiro dispensado pela diretoria. Mesmo com um time mesclado de juniores e reservas montado à última hora derrubou o Atlético com um empate sem gols no Parque do Sabiá. O Cruzeiro venceu o América por 1 a 0, no Mineirão, e passou o alvinegro na tabela de classificação ficando com o titulo mais surpreendente da história do estadual.
1ª fase

Turno
04/02/1996 - 1 X 0 Villa Nova
Bonfim (Nova Lima)
08/02/1996 - 3 X 1 Mamoré
Independência (Belo Horizonte)
11/02/1996 - 2 X 0 URT
Independência (Belo Horizonte)
14/02/1996 - 1 X 1 Caldense
Independência (Belo Horizonte)
17/02/1996 - 2 X 1 Democrata
Mamud Abbas (Governador Valadares)
24/02/1996 - 2 X 0 Uberlândia
Parque do Sabiá (Uberlândia)
03/03/1996 - 0 X 3 América
Dilzon Melo (Varginha)
07/03/1996 - 1 X 0 Valério
Independência (Belo Horizonte)
17/03/1996 - 5 X 0 Paraisense
João Alves (São Sebastião do Paraíso)
23/03/1996 - 1 X 0 Guarani
Independência (Belo Horizonte)
31/03/1996 - 2 X 0 Rio Branco
JK (Andradas)
07/04/1996 - 1 X 2 Atlético
Mendes Brito (Ipatinga)

Returno
10/04/1996 - 2 X 1 Villa Nova
José Flávio Carvalho (Itaúna)
14/04/1996 - 4 X 1 URT
Zama Maciel (Patos de Minas)
21/04/1996 - 4 X 1 Caldense
Ronaldo Junqueira (Poços de Caldas)
28/04/1996 - 2 X 2 América
Independência (Belo Horizonte)
01/05/1996 - 5 X 0 Mamoré
Waldomiro Pereira (Patos de Minas)
04/05/1996 - 4 X 0 Paraisense
Independência (Belo Horizonte)
07/05/1996 - 1 X 0 Uberlândia
Independência (Belo Horizonte)
12/05/1996 - 3 X 0 Guarani
Waldemar Teixeira (Divinópolis)
15/05/1996 - 0 X 2 Valério
Israel Pinheiro (Itabira)
18/05/1996 - 3 X 0 Rio Branco
Independência (Belo Horizonte)
21/05/1996 - 2 X 0 Democrata
Independência (Belo Horizonte)
26/05/1996 - 0 X 0 Atlético
Mineirão (Belo Horizonte)

Finais

Turno
02/06/1996 - 2 X 0 Caldense
Independência (Belo Horizonte)
08/06/1996 - 3 X 0 Uberlândia
Independência (Belo Horizonte)
23/06/1996 - 0 X 0 Villa Nova
Bonfim (Nova Lima)
25/06/1996 - 1 X 2 América
Mineirão (Belo Horizonte)
30/06/1996 - 0 X 1 Atlético
Mineirão (Belo Horizonte)

Returno
06/07/1996 - 5 X 0 Villa Nova
Mineirão (Belo Horizonte)
11/07/1996 - 2 X 1 Caldense
Ronaldo Junqueira (Poços de Caldas)
14/07/1996 - 2 X 0 Atlético
Mineirão (Belo Horizonte)
17/07/1996 - 2 X 0 Uberlândia
Parque do Sabiá (Uberlândia)
21/07/1996 - 1 X 0 América
Mineirão (Belo Horizonte)

CRUZEIRO 1 x 0 AMÉRICA
Motivo: 10ª rodada das finais do Campeonato Mineiro
Data: 21/07/1996
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)
Público: 5.215 (R$ 46.692,50)
Árbitro: Cláudio Cerdeira (RJ)
Auxiliares: Marco Antônio Gomes (MG) e Sebastião Abreu (MG)
Gol: Ailton 3 do 2o
Cruzeiro: Willian Andem, Vitor, Gilmar, Célio Lúcio, Nonato, Donizete, Ricardinho, Cleison (Marcos Teixeira), Palhinha (Luís Fernando), Marcelo Ramos (Edmundo), Ailton. T: Levir Culpi
América: Milagres, Estevam, Marins, Ricardo, Wellington Paulo (Baiano), Taú, Evanilson, Alex Mineiro, Celso, Renato (Flavio), Cláudio (Guiba). T: Ricardo Drubscky.
CA: Célio Lúcio, Nonato (Cru)
CV: Donizete (Cru); Evanilson (Ame)

domingo, 18 de janeiro de 2009

Cruzeiro conquista o 15º Torneio amistoso internacional - Torneio de Verão no Uruguai foi o 12º conquistado no exterior


Com as goleadas de 4 a 2 sobre o Atlético, na semifinal e de 4 a 1, sobre o Nacional, na decisão do Torneio de Verão do Uruguai, o Cruzeiro conquistou do 15º torneio internacional amistoso de sua história, sendo o 12º disputado no exterior. O Clube participou de 34 torneios amistosos internacionais sendo 28 organizados em 10 países estrangeiros.

A conquista de alguns desses torneios foi entre o Cruzeiro e o time local, porque a organização do certame não conseguiu acertar a participação de outros clubes. Foram os casos dos Torneios de Zaragoza de 1982, de Alicante 1986 e de Pamplona em 1986, ambos na Espanha.

A maior campanha do Cruzeiro no exterior foi em 1982, quando conquistou três torneios na Espanha: Santander, Valladolid e Zaragoza. Na ocasião o time era dirigido pelo treinador Yustrich e retornou ao Brasil com um aproveitamento de 100% vencendo os 5 jogos que disputou.

Além dos torneios, o Cruzeiro também disputou 5 taças em amistosos vencendo 4 delas.

Todos os títulos do Cruzeiro em torneios amistosos no exterior:

Campeão:
Torneio Quadrangular 1966 - BRASIL
Torneio José Guilherme 1970 - BRASIL
Torneio de Caracas 1970 - VENEZUELA
Torneio do Panamá 1971 – PANAMÁ
Torneio de Caracas 1977 – VENEZUELA
Torneio de Vigo 1978 – ESPANHA
Taça Independência 1978 – ESTADOS UNIDOS
Torneio de Santander 1982 – ESPANHA
Torneio de Valladolid 1982 – ESPANHA
Torneio de Zaragoza 1982 - ESPANHA
Torneio de Aniversário do Mineirão 1985 - BRASIL
Torneio de Alicante 1986 – ESPANHA
Torneio de Pamplona 1986 – ESPANHA
Torneio do México 2001 – MEXICO
Torneio de Verão 2009 - URUGUAI


Outras classificações do Cruzeiro no exterior:

Vice-Campeão:
Torneio Quadrangular 1966 - BRASIL

Torneio Tereza Herrera 1975 – ESPANHA
Torneio Tereza Herrera 1976 – ESPANHA
Torneio Costa de Valencia 1978 – ESPANHA
Torneio Hogar Canario Venezuelano 1980 – VENEZUELA
Torneio de Bogotá 1983 – COLOMBIA
Torneio de Santander 1986 – ESPANHA
Torneio Aniversário do Porto 1993 - PORTUGAL
3º Lugar:
Torneio João Havelange 1966 - BRASIL
Torneio João Havelange 1974 – ESTADOS UNIDOS
Torneio de Aniversário do Mineirão 1974 - BRASIL
Torneio Vila de Madri 1976 – ESPANHA
Torneio de Sevilla 1976 – ESPANHA
Torneio Palma de Mallorca 1986 – ESPANHA
Torneio Colombino 1988 - ESPANHA
4º Lugar:
Copa Montevidéu 1971 – URUGUAI
Torneio de Valladolid 1986 – ESPANHA
Copa Phillips 1988 – SUÍÇA
6º Lugar:
Torneio Futbol, Sol e Turismo 1971 – ARGENTINA


AS CAMPANHAS NOS TORNEIOS NO EXTERIOR

Torneio de Caracas 1970 – VENEZUELA
05/09/1970 – 1 X 0 Celta de Vigo (ESP)
Estádio Olímpico Universitário (Caracas/Venezuela)
06/09/1970 – 0 X 0 Porto (POR)
Estádio Olímpico Universitário (Caracas/Venezuela)
*tiros livres: Cruzeiro 4 a 1/o torneio foi um triangular

Copa Montevidéu 1971 – URUGUAI
20/01/1971 - 0 X 1 Peñarol (URU)
Estádio Centenário (Montevidéu/Uruguai)
24/01/1971 - 1 X 2 San Lorenzo (ARG)
Estádio Centenário (Montevidéu/Uruguai)
27/01/1971 – 4 X 1 Internacional Bratislava (Eslovaquia)
Estádio Centenário (Montevidéu/Uruguai)
31/01/1971 – 2 X 2 Nacional (URU)
Estádio Centenário (Montevidéu/Uruguai)
06/02/1971 - 6 X 3 Velez Sarsfield (ARG)
Estádio La Bombonera (Buenos Aires/Argentina)

Torneio do Panamá 1971 – PANAMÁ
14/04/1971 - 2 X 1 Racing (ARG)
Estádio Revolucion (Cidade do Panamá/ Panamá)
17/04/1971 - 2 X 2 Peñarol (URU)
Estádio Revolucion (Cidade do Panamá/ Panamá)
*o torneio foi um triangular

Torneio Futbol, Sol e Turismo 1971 – ARGENTINA
04/07/1971 – 0 X 1 Atlético Tucuman (ARG)
Estádio do Atlético Tucuman (San Miguel de Tucuman/Argentina)
07/07/1971 - 1 X 0 Racing (ARG)
Estádio do Atlético Tucuman (San Miguel de Tucuman/Argentina)
09/07/1971 - 2 X 3 San Martin (ARG)
Estádio do Atlético Tucuman (San Miguel de Tucuman/Argentina)

Torneio João Havelange 1974 – ESTADOS UNIDOS
07/08/1974 – 3 X 5 Benfica (POR)
Estádio Coliseu (Los Angeles/Estados Unidos)
11/08/1974 – 3 X 2 Cruz Azul (MEX)
Estádio Coliseu (Los Angeles/Estados Unidos)

Torneio Teresa Herrera 1975 - ESPANHA
09/08/1975 - 3 X 0 Stoke City (ING)
Estádio Riazor (La Coruña/Espanha)
10/08/1975 - 3 X 3 Peñarol (URU)
Estádio Riazor (La Coruña/Espanha)
*tiros livres: Peñarol 2 a 1

Torneio Teresa Herrera 1976 - ESPANHA
14/08/1976 - 2 X 0 PSV (HOL)
Estádio Riazor (La Coruña/Espanha)
15/08/1976 - 0 X 2 Real Madri (ESP)
Estádio Riazor (La Coruña/Espanha)

Torneio Vila de Madri 1976 - ESPANHA
19/08/1976 - 1 X 3 Atlético Bilbao (ESP)
Estádio Vicente Aragon (Madri/Espanha)
20/08/1976 - 2 X 0 Racing White (BEL)
Estádio Vicente Aragon (Madri/Espanha)

Torneio de Sevilla 1976 - ESPANHA
24/08/1976 - 1 X 1 Sevilla (ESP)
Estádio Ramon Sanchez Pizjuan (Sevilla/Espanha)
*tiros livres: Sevilla 5 a 4
26/08/1976 - 4 X 2 Hajduk Split (CRO)
Estádio Ramon Sanchez Pizjuan (Sevilla/Espanha)

Torneio de Caracas 1977 - VENEZUELA
16/02/1977 - 2 X 0 Grêmio
Estádio Olímpico Universitário (Caracas/Venezuela)
20/02/1977 - 0 X 0 Independiente (ARG)
Estádio Olímpico Universitário (Caracas/Venezuela)
*o torneio foi um triangular

Torneio de Vigo 1978 - ESPANHA
15/08/1978 - 2 X 1 Porto (POR)
Estádio Balaidos (Vigo/Espanha)
16/08/1978 - 2 X 1 Celta de Vigo (ESP)
Estádio Balaidos (Vigo/Espanha)

Torneio Costa de Valencia 1978 - ESPANHA
18/08/1978 - 2 X 1 Hercules (ESP)
Estádio Luis Casanova (Valencia/Espanha)
19/08/1978 - 1 X 2 Dinamo Bucareste (ROM)
Estádio Luis Casanova (Valencia/Espanha)

Taça Independência 1978 – ESTADOS UNIDOS
07/09/1978 - 3 X 0 Municipal (GUA)
Estádio Coliseu (Los Angeles/Estados Unidos)
08/09/1978 - 2 X 0 Independiente (ARG)
Estádio Coliseu (Los Angeles/Estados Unidos)

Torneio Hogar Canario Venezuelano 1980 -VENEZUELA
22/08/1980 - 1 X 0 Galícia de Aragua (VEN)
Estádio Olímpico Universitário (Caracas/Venezuela)
24/08/1980 - 1 X 2 Las Palmas (ESP)
Estádio Olímpico Universitário (Caracas/Venezuela)

Torneio de Santander 1982 - ESPANHA
19/08/1982 - 4 X 1 Ujpest Dozsa (HUN)
Estádio El Sardinero (Santander/Espanha)
20/08/1982 - 2 X 0 Racing Santander (ESP)
Estádio El Sardinero (Santander/Espanha)

Torneio de Valladolid 1982 - ESPANHA
24/08/1982 - 2 X 0 Salamanca (ESP)
Estádio José Zorilla (Valladolid /Espanha)
26/08/1982 - 5 X 0 Real Valladolid (ESP)
Estádio José Zorilla (Valladolid /Espanha)

Taça Cidade de Zaragoza 1982 - ESPANHA
29/08/1982 - 1 X 0 Real Zaragoza (ESP)
*a organização do torneio não conseguiu acertar a participação de outras duas equipes

Torneio de Bogotá 1983 - COLOMBIA
05/06/1983 - 2 X 1 Millonarios (COL)
Estádio El Campin – Bogotá (Colômbia)
08/06/1983 - 0 X 0 Independiente Santa Fé (COL)
Estádio El Campin – Bogotá (Colômbia)
10/06/1983 - 0 X 0 Seleção da Colômbia
Estádio El Campin – Bogotá (Colômbia)

Torneio Palma de Mallorca 1986 - ESPANHA
07/08/1986 – 1 X 2 Barcelona (ESP)
Estádio Real Mallorca (Palma de Mallorca/Espanha)
09/08/1986 - 2 X 1 Nacional (URU)
Estádio Real Mallorca (Palma de Mallorca/Espanha)

Torneio de Santander 1986 - ESPANHA
14/08/1986 - 1 X 1 Racing Santander (ESP)
Estádio El Sardinero (Santander/Espanha)
*tiros livres: Racing 4 a 3 /a organização do torneio não conseguiu acertar a participação de outras duas equipes.

Torneio de Alicante 1986 – ESPANHA
16/08/1986 – 4 X 1 Hercules (ESP)
Estádio José Rico Perez (Alicante/Espanha)
*a organização do torneio não conseguiu acertar a participação de outras duas equipes

Torneio de Valladolid 1986 - ESPANHA
19/08/1986 - 1 X 4 Real Zaragoza (ESP)
Estádio José Zorilla (Valladolid /Espanha)
20/08/1986 - 2 X 2 Real Valladolid (ESP)
Estádio José Zorilla (Valladolid /Espanha)
*tiros livres: Real Valladolid 4 a 3

Torneio de Pamplona 1986 - ESPANHA
23/08/1986 - 3 X 2 Osasuña (ESP)
Estadio El Sadar (Pamplona/Espanha)
*a organização do torneio não conseguiu acertar a tempo a participação de outras duas equipes.

Copa Phillips 1988 – SUÍÇA
03/08/1988 – 1 X 2 Everton (ING)
Estádio Wankdorf (Berna/Suíça)
05/08/1988 – 1 X 2 Young Boys (SUI)
Estádio Wankdorf (Berna/Suíça)

Torneio Colombino 1988 - ESPANHA
13/08/1988 - 3 X 3 Recreativo Huelva (ESP)
Estádio Colombino (Huelva/Espanha)
*tiros livres: Recreativo 4 a 2
15/08/1988 - 1 X 0 Real Zaragoza (ESP)
Estádio Colombino (Huelva/Espanha)

Torneio Aniversário do Porto 1993 - PORTUGAL
06/08/1993 - 3 X 0 Peñarol (URU)
Estádio das Antas (Porto/Portugal)
08/08/1993 – 1 X 3 Porto (POR)
Estádio das Antas (Porto/Portugal)

Torneio do México 2001 - MEXICO
13/07/2001 - 3 X 0 América (MEX)
Estádio Azteca (Cidade do México/ México)
15/07/2001 - 2 X 2 Atlas (MEX)
Estádio Jalisco (Guadalajara/ México)
*tiros livres: Cruzeiro 6 a 5

Taças disputadas em amistosos simples

Campeão:

Troféu Miller 1972
16/01/1972 - 1 X 0 Guadalajara (MEX)
Estádio Coliseum (Los Angeles/Estados Unidos)

Troféu Miller 1973
21/06/1973 - 2 X 1 Cruz Azul (MEX)
Estádio Coliseum (Los Angeles/Estados Unidos)

Copa Tóquio Dome 1994
10/02/1994 - 1 x 1 Yomiuri Verdy-B (JAP)
Estádio Toquio Dome (Toquio/Japão)
*Cruzeiro ficou com a Copa por ser o time visitante

Copa Tóquio Dome 1994
12/02/1994 - 3 x 1 Jubilo Iwata (JAP)
Estádio Toquio Dome (Toquio/Japão)

Vice-Campeão:

Taça Guarda Civil 1981
30/08/1981 - 2 x 2 Seleção do Peru
Estádio Jose Diaz (Lima/Peru)
*a taça ficou com a Seleção do Peru por ser o time local


TORNEIOS INTERNACIONAIS AMISTOSOS DISPUTADOS NO BRASIL

Torneio Quadrangular (Belo Horizonte/Brasil) 1966
03/02/1966 – 6 x 2 Flamengo (RJ)
Estádio Mineirão – Belo Horizonte (MG)
06/02/1966 – 1 x 2 Seleção da União Soviética
Estádio Mineirão – Belo Horizonte (MG)

Torneio João Havelange (Belo Horizonte/Brasil) 1966
24/03/1966 – 0 x 1 Cerro (URU)
Estádio Mineirão – Belo Horizonte (MG)
27/03/1966 – 4 x 3 América (MG)
Estádio Mineirão – Belo Horizonte (MG)

Torneio Quadrangular de 1966 (Belo Horizonte/Brasil)
26/05/1966 – 2 x 1 América (MG)
Estádio Mineirão – Belo Horizonte (MG)
29/05/1966 - 5 x 2 Belenenses (POR)
Estádio Mineirão – Belo Horizonte (MG)

Torneio José Guilherme (Belo Horizonte/Brasil) 1970
23/01/1970 – 2 x 1 Seleção da Romênia
Estádio Mineirão – Belo Horizonte (MG)
25/01/1970 – 1 x 1 Spartak de Praga (TCH)
Estádio Mineirão – Belo Horizonte (MG)
*o torneio foi disputado em duas rodadas duplas e também contou com a presença do Atlético. O Cruzeiro sagrou-se campeão pelo maior número de pontos.

Torneio de Aniversário do Mineirão (Belo Horizonte/Brasil) 1974
03/09/1974 – 1 x 2 Benfica (POR)
Estádio Mineirão – Belo Horizonte (MG)
05/09/1974 – 6 x 0 Sporting (POR)
Estádio Mineirão – Belo Horizonte (MG)

Torneio de Aniversário do Mineirão (Belo Horizonte/Brasil) 1985
03/09/1985 – 2 x 0 Boca Juniors (ARG)
Estádio Mineirão – Belo Horizonte (MG)
05/09/1985 – 1 x 0 River Plate (ARG)
Estádio Mineirão – Belo Horizonte (MG)

Cruzeiro - Fichas dos Jogos 2009


CRUZEIRO 4 X 2 ATLÉTICO (MG)
Motivo: Semifinal do Torneio de Verão
Data: 17/01/2009 (sáb - 16:30h)
Estádio: Centenário (Montevidéu/Uruguai)
Árbitro: Jorge Larrionda (URU)
Auxiliares: Walter Rial (URU) e Marcelo Gadea (URU)
Gols: Renan (contra) 17'/1º; Diego Tardelli (penalti) 36'/1º; Fernandinho (penalti) 39'/1º; Ramires 46'/1º; Diego Tardelli 22'/2º; Soares 44'/2º
Cruzeiro: *Fábio, Jonathan (Jancarlos-16'/2º), Thiago Heleno (Leonardo Silva-int), Fernandinho, Henrique, Marquinhos Paraná, Ramires, Wagner (Camilo-4'/2º), Thiago Ribeiro (Soares-10'/2º), Wellington Paulista (Alessandro-20'/2º). T: Adilson
Atlético: Juninho, Welton Felipe, Leandro Almeida, *Marcos (Tchô-5'2º), Carlos Alberto, Renan (Sheslon-int), Rafael Miranda (Márcio Araújo-int), Júnior (Lopes-int), Thiago Feltri (Raphael Aguiar-13'/2º), Éder Luís, Diego Tardelli. T: Leão
CA: Sheslon (A); Fernandinho (C)
Rodada dupla: Nacional (URU) 2 x 1 Peñarol (URU)

CRUZEIRO 4 X 1 NACIONAL (URU)
Motivo: Final do Torneio de Verão
Data: 21/01/2009 (Qua - 23h)
Estádio: Centenário (Montevidéu/Uruguai)
Árbitro: Roberto Silvera (URU)
Auxiliares: Pablo Fandiño (URU) e Miguel Nievas (URU)
Gols: Elicarlos 7'/1º; Ramires 26'/1º; Medina 28'/1º; Thiago Ribeiro 35'/1º; Wellington Paulista 37'/1º
Cruzeiro: *1-Fábio, 2-Jonathan, 3-Léo Fortunato, 4-Thiago Heleno, 6-Fernandinho, 5-Elicarlos, 8-Ramires, 7-Henrique (13-Jancarlos-7'/2º), 10-Wagner (15-Camilo-16'/2º), 9-Wellington Paulista (17-Soares-10'/2º), 11-Thiago Ribeiro (14-Leonardo Silva-29'/2º). T: Adilson
Nacional: 1-Burián; 16-Martin Rodríguez (18-Cavallero-16'/2º), 5-Victorino, 15-Adrián Romero, 19-Filgueira, 22-Alvaro Fernández, *21-Oscar Morales, 17-Roberto Brum (6-Matias Rodrigues-16'/2º), 10-Angel Morales (14-Oyarbide-int); 11-Blanco, 9-Medina. T: Gerardo Pelusso
CA: Fernandinho (C); Roberto Brum, Sergio Blanco (N)
CV: Jancarlos-28'/2º (C)
*Fábio defendeu pênalti cobrado por Sergio Blanco aos 44'/1º. Cruzeiro sagrou-se campeão e levou a Copa Bimbo. O certame foi organizado pelo ex-ídolo cruzeirense, Revetria.
Preliminar: Peñarol (URU) 1 x 4 Atlético (MG)

CRUZEIRO 2 x 1 UBERLÂNDIA
Motivo: Campeonato Mineiro (1ª fase)
Data: 25/01/2009 (Dom - 19:10h)
Estádio: Parque do Sabiá (Uberlândia-MG)

Público: 14.442 (R$ 189.243,50)
Arbitro: Ricardo Marques Ribeiro
Auxiliares: Jair Albano Félix e Celso Luiz da Silva

Gols: Gérson Magrão 10'/1º; Rogério Corrêa 18'/2º; Fernandinho 26'/2º
Cruzeiro: 1-Fábio, 2-Jonathan, 3-Léo Fortunato, 4-Leonardo Silva, 6-Fernandinho, 7-Elicarlos, 5-Marquinhos Paraná (13-Jancarlos-44'/2º), 8-Ramires, 10-Gérson Magrão (15-Camilo-17'/2º), 11-Thiago Ribeiro, 9-Wellington Paulista (17-Soares-20'/2º). T: Adilson.
Uberlândia: 1-Paulo César, 2-Lei, 3-Carlão, 4-Rancharia, 6-Marinho, 7-Pepo, 5-Rogério Corrêa (14-Alemão-34'/2º), 8-Indinho, 10-Wanderson (16-Joilson-40'/2º), 11-Rena, 9-André Nascimento (18-Berg-int). T: Zé Maria Pena
CA: Fernandinho, Fábio, Léo Fortunato (C); Rogério Corrêa, Wanderson, Pepo (U)
CV: Lei-25'/2º (U) *2º cartão amarelo

CRUZEIRO 5 x 0 SOCIAL
Motivo: Campeonato Mineiro (1ª fase)
Data: 01/02/2009 (Dom - 17h)
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

Arbitro: Alício Pena Júnior
Auxiliares: Guilherme Camilo e Janette Mara
Público: 15.844 (R$ 225.967,50)
Gols: Jonathan 20'/1º; Ramires 38'/1º; Wellington Paulista 4'/2º; Ramires 8'/2º; Wellington Paulista 34'/2º
Cruzeiro: *1-Fábio, 2-Jonathan, 3-Leonardo Silva, 4-Thiago Heleno, 5-Marquinhos Paraná, 6-Fernandinho (18-Soares-16'/2º), 7-Henrique, 8-Ramires, 9-Wellington Paulista, 10-Wagner (16-Gerson Magrão-20'/2º), 11-Thiago Ribeiro (17-Alessandro-25'/2º). T: Adilson
Social: 1-Nivaldo, 2-Filhão, 3-Eleilson, 4-Tiago, 5-Marcinho, 6-Dykson, 7-Rodrigo Paulista, 8-Rolete, 9-Isac (17-Carlos Henrique-11'/2º), 10-William (16-Andrezinho-11'/2º), 11-Ney Bala (13-Ronaldo-30'/1º). T: Wantuil Rodrigues
CA: Eleilson, Marcinho, Rolete (S); Thiago Heleno (C)
CV: Tiago-22'/1º (S)

CRUZEIRO 3 x 2 VILLA NOVA
Motivo: 3ª rodada (1ª fase)
Data: 08/02/2009 (Dom-17h)
Estádio: Bonfim (Nova Lima)
Público: 2.543 (R$ 36.270,)
Arbitro: Renato Conceição
Auxiliares: Helbert Andrade e Jair Albano
Gols: Soares 11'/2º; Ramires 19'/2º; Everton 28'/2º; Soares 29'/2º; Marcelinho 43'/2º
Cruzeiro: 1-Fabio, 2-Jancarlos, 3-Leo Fortunato, 4-Thiago Heleno, 5-Marquinhos Paraná (15-Elicarlos-int), 6-Fernandinho, 7-Henrique, 8-Ramires, 9-Soares, 10-Gérson Magrão (16-Bernardo-30'/2º), 11-Thiago Ribeiro (18-Wanderley-12'/2º). T: Adilson
Villa Nova: 1-Macaé, 2-Edson, 3-Rodrigão, 4-Cadu, 5-Cacado, 6-Luiz Claudio, 7-Leandro Paraná, 8-Everton, 9-Adriano (18-Rômulo-39'/2º), 10-Nado (16-Marcelinho-15'/2º), 11-Wander (13-Reinaldo-5'/2º). T: Fred
CA: Everton, Luiz Claudio, Marcelinho (V); Henrique, Leo Fortunato, Elicarlos, Fernandinho, Jancarlos (C)
CV: Rodrigão-3'/2º(V)-2º cartão amarelo

CRUZEIRO 5 x 0 GUARANI
Motivo: Campeonato Mineiro (1ª fase)
Data: 12/02/2009 (Qui - 19:30h)
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)
Público: 5.434 (R$ 81.060,)
Arbitro: Joel Tolentino
Auxiliares: Guilherme Camilo e Ângela Paula Ribeiro
Gols: Alessandro 22'/1º; Leonardo Silva 11'/2º; Wellington Paulista (pênalti) 14'/2º; Jonathan 31'/2º; Soares 41'/2º
Cruzeiro: 12-Andrey, 2-Jonathan, 3-Leonardo Silva (13-Gustavo-30'/2º), 4-Anderson, *5-Fabrício (14-Jancarlos-23'/2º), 6-Gerson Magrão, 7-Elicarlos, 8-Bernardo, 9-Wellington Paulista, 10-Wágner (17-Soares/33'/2º), 11-Alessandro. T: Adilson
Guarani: 1-Fábio, 2-Neguinho, 3-Renê, 4-Fábio Recife, 5-Paulinho, 6-Lúcio (16-Danilo Lins-16'/2º), 7-Azulão (14-Conrado-int), 8-Diego Paulista, 9-Diego Campos, 10-William César (17-Fernandinho-16'/2º), 11-Ceará. T: Nei da Mata
CA: Neguinho, Renê, Lúcio, Ceará (G)
CV: Diego Paulista-32'/2º (G)-2º cartão amarelo

CRUZEIRO 2 x 1 ATLÉTICO
Motivo: Campeonato Mineiro (1ª fase)
Data: 15/02/2009 (Dom-16h)
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte)
Público: 47.803 (R$ 972.856,50)
Arbitro: Alício Pena
Auxiliares: Márcio Eustáquio e Celso Luiz Silva
Gols: Ramires 18'/1º; Soares 43'/1º; Diego Tardelli (penalti) 32'/2º
Cruzeiro: *1-Fábio, 2-Jancarlos (14-Jonathan-25’/2º), 3-Leo Fortunato, 4-Thiago Heleno, 5-Marquinhos Paraná, 6-Fernandinho, 7-Henrique, 8-Ramires, 9-Soares (18-Wellington Paulista-18'/2º), 10-Gerson Magrão (16-Wagner-15'/2º), 11-Thiago Ribeiro. T: Adilson
Atlético: 1-Juninho, 2-Marcos Luis (14-Werley-17’/2º), 3-Welton Felipe, 4-Leandro Almeida, 5-Renan (15-Thiago Feltri-int), 6-Júnior, 7-Carlos Alberto, 8-Márcio Araújo, 9-Diego Tardelli, 10-Yuri (13-Marcos-40’/1º), 11-Éder Luis. T: Leão
CA: Soares, Jancarlos, Fábio, Henrique, Andrey, Gerson Magrão (C); Éder Luis, Leandro Almeida, Júnior (A)
CV: Thiago Ribeiro (C)-2º cartão amarelo; Welton Felipe (A)-2º cartão amarelo
*mando de campo do Cruzeiro

CRUZEIRO 3 X 0 ESTUDIANTES (ARG)
Motivo: Taça Libertadores (2ª fase)
Data: 19/02/2009 (Qui-19:15h)
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)
Público: 33.969 (R$ 827.617,50)
Arbitro: Carlos Amarilla (PAR)
Auxiliares: Emigdio Ruiz (PAR) e Rodney Aquino (PAR)
Gols: Fernandinho (penalti) 18'/2º; Kléber 24'/2º; Kleber 27'/2º
Cruzeiro: 1-Fábio, 2-Jonathan, 22-Leonardo Silva, 4-Thiago Heleno, 6-Fernandinho, *5-Fabrício (17-Elicarlos-36'/2º), 15-Henrique (14-Jancarlos-18'/2º), 7-Marquinhos Paraná, 10-Wagner, 11-Thiago Ribeiro (25-Kléber-15'/2º), 9-Wellington Paulista. T: Adilson
Estudiantes: 21-Andújar, 14-Angeleri, 2-Desábato, 3-Cellay, 16-Re (24-Sánchez Prette-31'/2º), 8-Perez (10-Fernández-24'/2º), 22-Braña, *11-Verón, 23-Benítez, 7-Salgueiro, 17-Boselli (9-Calderón-26'/2º). T: Leonardo Astrada
CA: Thiago Heleno, Leonardo Silva, Wagner (C); Ré, Boselli, Cellay, Braña (E)
CV: Kléber-30'/2º (C)-2º cartão amarelo

CRUZEIRO 2 x 2 UBERABA
Motivo: Campeonato Mineiro (1ª fase)
Data: 21/02/2009 (Sab - 18:15h)
Estádio: João Guido (Uberaba-MG)
Público: (R$)
Árbitro: Emerson Ferreira
Auxiliares: Marcio Santiago e Angela Paula Ribeiro
Gols: Jancarlos (F) 8'/1º; Michel Cury 31'/1º; Gerson Magrão 38'/1º; Ivonaldo 41'/2º
Cruzeiro: 12-Andrey, 2-Jancarlos (14-Jonathan-20'/2º), 3-Anderson, 4-Léo Fortunato, 6-Gustavo, *5-Fabrício, 7-Elicarlos, 8-Ramires, 10-Gérson Magrão, 9-Kléber (18-Wanderley-26'/2º), 11-Soares (17-Bernardo-33'/2º). T: Adilson
Uberaba: 1-Laílson, 2-Ivonaldo, 3-Gustavo, 4-Glauco, 6-Jackson, 5-Balduíno, 7-Gabriel (17-Santana-9'/2º), 10-Biro Gomes (18-Fidalgo-36'/2º), 8-Michel Cury, 11-Danilo, 9-Maurício. T: Pedrinho Rocha
CA: Balduino, Gabriel (U); Anderson, Léo Fortunato, Fabrício, Gustavo, Elicarlos, Ramires, Gerson Magrão (C)
CV: Glauco-15'/2º (U); Fabrício-15'/2º (C)

CRUZEIRO 1 X 1 DEPORTIVO QUITO (EQU)
Motivo: Taça Libertadores (2ª fase)
Data: 24/02/2009 (qua-19:50h)
Estádio: Olímpico Atahualpa (Quito/Equador)
Árbitro: Georges Buckley (Peru)
Auxiliares: Winston Reategui (PER) e Luis Abadie (PER)
Público: 6.960 (US$ 62.929)
Gols: Ramires 38’/1º; Caicedo 46’/2º
Cruzeiro: 1-Fábio, 2-Jonathan, 13-Léo Fortunato, 22-Leonardo Silva, 6-Fernandinho, 7-Marquinhos Paraná, 5-Fabrício, 8-Ramires (18-Soares-34’/2º), 10-Wagner (15-Henrique-22’/2º), 11-Thiago Ribeiro (17-Elicarlos-28’/2º), 9-Wellington Paulista. T: Adilson
Quito: 1-García, 4-Corozo, 2-Caicedo, 20-Checa, 3-Isaac Mina, 5-Tenorio, 16-Daniel Mina (8- Minda-int), 23-Cortéz (10-Saritama-int), 17-Donoso, 7-Mandra, 15-Asencio (19-Preciado-17’/2º). T: Rubén Darío Insúa
CA: Daniel Mina, Checa, Caicedo, Corozo (DQ); Fábio (C)
CV: Wellington Paulista-42’/1º, Fabrício-20’/2º (C); Checa-7’/2º (DQ)

CRUZEIRO 4 x 1 ITUIUTABA
Motivo: Campeonato Mineiro (1ª fase)
Data: 01/03/2009 (Dom-16h)
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)
Público: 11.674 (R$167.927,50)
Arbitro: Renato Cardoso Conceição
Auxiliares: Guilherme Camilo e Janete Arcanjo
Gols: Kleber 10'/1º; Kleber 20'/1º; Wellington Paulista 28'/1º; Kiko 44'/1o; Kleber 20'/2º
Cruzeiro: 1-Fábio, 2-Jancarlos (15-Ramires-32'/2º), 3-Anderson, 4-Thiago Heleno; 5-Henrique, 6-Sorin (16-Bernardo-10'/2º), 7-Elicarlos, 8-Camilo (14-Marquinhos Paraná-int), 9- Wellington Paulista, 10-Gérson Magrão, 30-Kléber. T: Adilson
Ituiutaba: 1-Thiago, 2-Mateus, 3-Bruno, 4-Leonardo, 5-Machado, 6-Radar, 7-Lúcio Flávio (16-Rafahel-int), 8-Olívio, 9-Rodrigo Hote (17-Paulinho Pedalada-32'/2º), 10-Marquinhos (18-Laércio-25'/2º), 11-Kiko. T: Nedo Xavier
CA: Jancarlos, Sorin, Elicarlos, Gerson Magrão, Thiago Heleno (C); Bruno, Kiko (I)
CV: 2-Mateus-2'/2º, Radar-33'/2º (I)

CRUZEIRO 1 X 0 UNIVERSITARIO DE SUCRE (BOL)
Motivo: Taça Libertadores (2ª fase)
Data: 04/03/2009 (Qua-20:50h)
Estádio: Olímpico Pátria (Sucre/Bolívia)
Público: (R$)
Árbitro: Roberto Silvera (URU)
Auxiliares: Miguel Nievas (URU) e William Casavieja (URU)
Gol: Thiago Ribeiro 38'/1º
Cruzeiro: 1-Fábio, 2-Jonathan, 3-Léo Fortunato, 22-Leonardo Silva, 6-Fernandinho, 15-Henrique, 7-Marquinhos Paraná, 8-Ramires (17-Elicarlos-31'/2º), 10-Wagner (18-Soares-20'/2º), 11-Thiago Ribeiro (14-Jancarlos-9'/2º), 25-Kléber. T: Adilson
Universitário: 1-Lampe; 4-Zabala, 5-Rivero, 3-Dos Santos, 17-Bejarano, 6-Ribera, 20-Lima (18-Mealla-34'/2º), 8-Saucedo (7-Da Silva-16'/2º), 10-Marcelo Gomes (15-Gallegos-28'/2º), 9-Raimondi, 11-Sillero. T: Eduardo Villegas
CA: Dos Santos, Gallegos (U); Fernandinho (C)
CV: Kléber-23'/2º (C)

CRUZEIRO 0 x 0 TUPI
Motivo: Campeonato Mineiro (1ª fase)
Data: 08/03/2009 (dom-19:10h)
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)
Público: 9.535 (R$ 139.547,50)
Árbitro: Átila Carneiro Magalhães
Auxiliares: Angela Ribeiro e Cinthia Silva
Cruzeiro: 12-Andrey, 2-Marquinhos Paraná, 3-Anderson, 4-Gustavo, 6-Sorín (16-Fernandinho-int) (14-Diego Renan-6'/2º), 5-Fabrício, 7-Henrique, 8-Bernardo (15-Ramires-int), 10-Wagner, 11-Kléber, 9-Wellington Paulista. T: Adilson
Tupi: 1-Gonçalves, 2-Serginho, 3-Reginaldo, 4-Rodrigão, 6-Michel, 5-Robson, 7-Marcel, 8-Daniel, 10-Bruno Ramos, 9-Ademilson, 11-Rodrigo Mucarbel (13-Itamar-41'/2º). T: José Carlos Amaral
CA: Gustavo, Henrique (C); Gonçalves, Rodrigão, Reginaldo, Bruno Ramos (T)
*Cruzeiro ficou com a receita líquida de R$ 70.727,85

CRUZEIRO 0 x 0 AMÉRICA
Motivo: Campeonato Mineiro (1ª fase)
Data: 15/03/2009 (dom-16h)
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)
Público: 13.591 (R$ 190.527,50)
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira
Auxiliares: Helberth Andrade e Guilherme Camilo
Cruzeiro: 1-Fábio, 2-Jancarlos (14-Jonathan-19'/2º), 3-Anderson, 4-Leonardo Silva, 6-Sorín (15-Camilo-24'/2º), 5-Fabrício, 7-Marquinhos Paraná, 8-Elicarlos, 10-Gerson Magrão (16-Wagner-int), 11-Soares, 30-Kléber. T: Adilson
América: 1-Flávio, 2-Otávio, 3-Micão, 4-Wellington Paulo, 6-Bruno Barros, 100-Dudu, 7-Irênio (16-Chico Marcelo-26'/2º), 8-Capixaba, 10-Tucho, 9-Bruno Mineiro (17-Euller-23'/2º), 11-Luciano (15-Leandro Ferreira-41'/2º). T: Flávio Lopes
CA: Dudu, Flávio, Bruno Barros, Luciano, Leandro Ferreira (A); Anderson, Fabrício, Leonardo Silva, Soares, Sorín (C)

CRUZEIRO 2 X 0 UNIVERSITARIO DE SUCRE (BOL)
Motivo: Taça Libertadores (2ª fase)
Data: 18/03/2009 (Qua-21:50h)
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)
Público: 14.439 (R$ 319.705,)
Árbitro: Federico Beligoy (ARG)
Auxiliares: Norberto Moyano (ARG) e Julio Ayala (ARG)
Gols: Wellington Paulista (pênalti) 12'/2º; Wellington Paulista 45'/ 2º
Cruzeiro: 1-Fábio, 2-Jonathan (14-Jancarlos-41'/2º), 4-Thiago Heleno, 22-Leonardo Silva, *23-Sorín, 5-Fabrício, 7-Marquinhos Paraná, 8-Ramires, 10-Wagner (20-Gérson Magrão-16'/1º), 9-Wellington Paulista, 11-Thiago Ribeiro (19-Wanderley-28'/2º). T: Adilson
Universitário: 1-Lampe, 4-Zabala, 5-Rivero, 2-Aguirre, 21-Bejarano, 6-Ribera, 20-Lima, 8-Saucedo, 10-Marcelo Gomes (3-Dos Santos-41'/2º), 9-Raimondi, 11-Sillero (7-Da Silva-29'/2º). T: Eduardo Villegas
CA: Gérson Magrão (C); Lampe, Rivero, Zabala (U)
CV: Aguirre-17'/2º (U)
*O público presente foi de 15.381 torcedores

CRUZEIRO 1 x 1 RIO BRANCO
Motivo: Campeonato Mineiro (1ª fase)
Data: 22/03/2009 (Dom-16h)
Estádio: Parque do Azulão (Andradas-MG)
Público: 5.270 (R$ 58.170,)
Arbitro: Renato Conceição
Auxiliares: Marcio Santiago e Ângela Ribeiro
Gols: Chimba (pênalti) 16’/1º; Wellington Paulista (pênalti) 39’/1º
Cruzeiro: 1-Fabio, 2-Jonathan (13-Jancarlos-30’/2º), 3-Leo Fortunato, 4-Anderson, 5-Fabricio, 6-Marquinhos Paraná, 7-Henrique, 8-Ramires, 9-Wellington Paulista (18-Wanderley-10’/2º), 10-Gerson Magrão (17-Bernardo-10’/2º), 30-Kléber. T: Adilson
Rio Branco: 1-Glaysson, 2-Rômulo, *3-André Alves, 4-Anderson, 5-Thiago Costa, 6-Marcio Loyola, 7-Dudu Araxá, 8-Fábio Gomes (13-Vieira-int), 9-Anderson Antunes (18-Gil-26’/2º), 10-Chimba (16-Felipe-10’/2º), 11-Márcio Diogo. T: Paulo Cézar Catanoce
CA: Fabio Gomes, Dudu Araxa, Rômulo, Anderson, Gil, Glaysson (R); Fabio, Jonathan, Leo Fortunato, Marquinhos Paraná (C)
*com este resultado o Cruzeiro perdeu a liderança indo para a 2ª posição no campeonato.

CRUZEIRO 7 X 0 DEMOCRATA-GV
Motivo: Campeonato Mineiro (1ª fase)
Data: 25/03/2009 (qua-21:50h)
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)
Público: 2.425 (R$ 29.812,50)
Árbitro: Émerson Ferreira (MG)
Auxiliares: Flamarion Sócrates e Marconi Vieira
Gols: Gerson Magrão 21’/1º; Kléber (pênalti) 38’/1º; Ramires 42’/1º; Kléber 3’/2º; Kleber 7’/2º; Bernardo (pênalti) 14’/2º; Wanderley 25’/2º
Cruzeiro: 12-Andrey, 2-Jancarlos, 3-Gustavo, 4-Leonardo Silva, 6-Gerson Magrão, *5-Fabrício (16-Henrique-18’/2º), 7-Elicarlos, 8-Ramires (15-Marquinhos Paraná-33’/2º), 10-Bernardo, 9-Soares, 30-Kléber (17-Wanderley-23’/2º). T: Adilson
Democrata: 1-Morandi, 2-Geison, 3-Eliezio (15-Riso-10’/2º), 4-Weldes, 6-Fabiano (18-Robson-10’/2º), 5-Leandro Leite, 8-Halen (16-Flávio-32’/2º), 7-Rodrigo, 10-Sandro Manoel, 11-Allan, 9-Patrick. T: Moacir Júnior
CA: Geison, Leandro Leite, Rodrigo, Riso (D); Wanderley (C)
*Cruzeiro terminou a 1a fase em 2o lugar

CRUZEIRO 1 X 0 TUPI
Motivo: Campeonato Mineiro (quartas-de-final)
Data: 28/03/2009 (Sab-16h)
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)
Público: 9.882 (R$ 141.137,50)
Árbitro: Paulo César Oliveira (SP)
Auxiliares: Hilton Moutinho (SP) e Maria Eliza (SP)
Gol: Marquinhos Paraná 15’/2º
Cruzeiro: *1-Fábio, 2-Jonathan (14-Jancarlos-29’/2º), 3-Leonardo Silva, 4-Thiago Heleno, 6-Gerson Magrão, 5-Fabrício, 7-Marquinhos Paraná, 8-Ramires, 10-Bernardo (15-Henrique-36’/2º), 30-Kléber, 11-Soares (18-Wellington Paulista-int). T: Adilson
Tupi: 1-Gonçalves, 2-Serginho, 3-Reginaldo, 4-Rodrigão, 6-Michel, 5-Bruno Ramos, 7-Marcel (17-Darlan-44’/2º), 8-Léo Salino, 10-Hugo, 11-Daniel (16-Noel-20’/2º), 9-Ademílson (15-Márcio Carioca-40’/2º). T: Leonardo Condé
CA: Bruno Ramos, Marcel, Léo Salino, Daniel (T); Gerson Magrão, Leonardo Silva (C)

Próximos Jogos:

CRUZEIRO X ESTUDIANTES (ARG)
Motivo: Taça Libertadores (2ª fase)
Data: 08/04/2009 (Qua)
Estádio: - (La Plata/Argentina ou Lima/Peru)

CRUZEIRO X DEPORTIVO QUITO (EQU)
Motivo: Taça Libertadores (2ª fase)
Data: 23/04/2009 (Qui)
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)


CRUZEIRO X FLAMENGO (RJ)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 10/05/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X NAUTICO (PE)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 17/05/2009
Estádio: Aflitos (Recife-PE)

CRUZEIRO X VITORIA (BA)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 24/05/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X SÃO PAULO (SP)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 31/05/2009
Estádio: Morumbi (São Paulo-SP)

CRUZEIRO X INTERNACIONAL (RS)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 06/06/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X PALMEIRAS (SP)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 14/06/2009
Estádio: Palestra Itália (São Paulo-SP)

CRUZEIRO X BARUERI (SP)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 21/06/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X AVAI (SC)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 28/06/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X GOIAS (GO)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 05/07/2009
Estádio: Serra Dourada (Goiânia-GO)

CRUZEIRO X ATLETICO (MG)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 12/07/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X BOTAFOGO (RJ)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 15/07/2009
Estádio: Engenhão (Rio de Janeiro-RJ)

CRUZEIRO X CORINTHIANS (SP)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 19/07/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X SANTO ANDRE (SP)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 22/07/2009
Estádio: (Santo André-SP)

CRUZEIRO X FLUMINENSE (RJ)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 26/07/2009
Estádio: Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

CRUZEIRO X SPORT (PE)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 29/07/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X GREMIO (RS)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 02/08/2009
Estádio: Olimpico (Porto Alegre)

CRUZEIRO X ATLETICO (PR)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 05/08/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X CORITIBA (PR)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 09/08/2009
Estádio: Couto Pereira (Curitiba-PR)

CRUZEIRO X SANTOS (SP)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Turno)
Data: 16/08/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X FLAMENGO (RJ)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 19/08/2009
Estádio: Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

CRUZEIRO X NAUTICO (PE)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 23/08/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X VITORIA (BA)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 30/08/2009
Estádio: Barradão (Salvador-BA)

CRUZEIRO X SÃO PAULO (SP)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 05/09/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X INTERNACIONAL (RS)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 13/09/2009
Estádio: Beira Rio (Porto Alegre-RS)

CRUZEIRO X PALMEIRAS (SP)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 20/09/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X BARUERI (SP)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 27/09/2009
Estádio: (Barueri-SP)

CRUZEIRO X AVAI (SC)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 04/10/2009
Estádio: (Florianópolis-SC)

CRUZEIRO X GOIAS (GO)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 07/10/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X ATLETICO (MG)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 10/10/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X BOTAFOGO (RJ)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 18/10/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X CORINTHIANS (SP)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 25/10/2009
Estádio: Pacaembu (São Paulo-SP)

CRUZEIRO X SANTO ANDRE (SP)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 28/10/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X FLUMINENSE (RJ)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 01/11/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X SPORT (PE)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 08/11/2009
Estádio: Ilha do Retiro (Recife-PE)

CRUZEIRO X GREMIO (RS)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 15/11/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X ATLETICO (PR)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 22/11/2009
Estádio: Arena da Baixada (Curitiba-PR)

CRUZEIRO X CORITIBA (PR)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 29/11/2009
Estádio: Mineirão (Belo Horizonte-MG)

CRUZEIRO X SANTOS (SP)
Motivo: Campeonato Brasileiro (Returno)
Data: 06/12/2009
Estádio: Vila Belmiro (Santos-SP)

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Cruzeiro quer ampliar o jejum alvinegro

A última derrota sofrida pelo Cruzeiro no clássico contra o Atlético foi em 29 de abril de 2007, na primeira partida decisiva do Campeonato Mineiro, pelo placar de 4 a 0. De lá para cá as equipes se enfrentaram mais 8 vezes e o Cruzeiro obteve 7 vitórias e um empate. O próximo encontro entre os rivais está marcado para este sábado, no Torneio de Verão do Uruguai, em Montevideu, quando o jejum atleticano completa 1 ano, 8 meses e 23 dias sem vitória no confronto - o 15. maior da história.

Depois do clássico no Torneio do Uruguai as equipes tem outro encontro agendado pelo Campeonato Mineiro em 15 de fevereiro, no Mineirão. Caso o Cruzeiro obtenha novo sucesso no amistoso em Montevideu o jejum se amplia para 1 ano, 9 meses e 17 dias.

Longos períodos sem clássicos favoreceram alguns jejuns
O maior período que uma equipe ficou sem uma vitória no clássico pertence ao Atlético: 5 anos, 5 meses e 2 dias de uma vitória para a outra entre 12/03/1922 a 14/08/1927. No entanto ficaram sem se enfrentar em 1924, porque o Atlético licenciou-se da Federação Mineira e não disputou o Campeonato de Belo Horizonte e também em 1926, porque o Cruzeiro recebeu uma punição de 6 meses da Federação e por isso desfiliou-se da entidade só retornando no ano seguinte. Por estes motivos se enfrentaram apenas 5 vezes com vantagem cruzeirense.

O mesmo motivo resultou no segundo maior jejum que pertence ao Cruzeiro: 3 anos, 8 meses e 20 dias sem vitória no confronto entre 20/09/1925 e 09/06/1929. Os times não se enfrentaram em 1926, o que colaborou para ampliar o período.

O terceiro maior jejum que também pertence ao Cruzeiro e que é o maior da Era Mineirão: 2 anos, 10 meses e 15 dias - entre 03/06/1990 a 18/04/1993 foi porque entre março de 1992 e abril de 1993 ficaram um ano sem se enfrentar. É que os rivais disputaram o Campeonato Mineiro de 1992 em chaves diferentes e não se encontraram na finalíssima, porque o Atlético foi eliminado pelo América na semifinal.

Os jejuns mais sofridos para atleticanos e cruzeirenses
Os períodos sem vitória que mais incomodaram as torcidas de ambos os clubes não estão entre os 5 maiores. O que mais perturbou os alvinegros foi estabelecido pelo Cruzeiro entre 02/08/1964 a 26/06/1966. Por um ano, 10 meses e 24 dias os atleticanos viram os cruzeirenses vencerem 7 classicos consecutivos: a maior sequência de vitórias da história do confronto. O jejum que mais incomodou os cruzeirenses foi imposto pelo Atlético entre 10/04/1985 a 03/05/1987. Durante estes 2 anos e 23 dias, os alvinegros permaneceram 13 classicos sem sofrer uma derrota e ainda levaram vantagem em 5 deles: a maior sequência invicta do clássico.

MAIORES PERÍODOS DE JEJUM
*Considerados apenas os períodos acima de 1 ano e 6 meses

1) ATLETICO - 5 ANOS, 5 MESES, 2 DIAS
12/03/1922 - Atlético 2 a 1 - amistoso
21/05/1922 - Cruzeiro 1 a 0 - Campeonato de Belo Horizonte
17/09/1922 - o Cruzeiro venceu o clássico pelo returno do Campeonato de Belo Horizonte, mas não há registro do placar; é possível também que não tenha acontecido e o Atlético feito a entrega dos pontos
12/11/1922 - Empate 2 a 2 - amistoso
06/05/1923 - Empate 1 a 1 - amistoso
20/09/1925 - Cruzeiro 5 a 3 - amistoso
14/08/1927 - Atlético 4 a 2 - Campeonato de Belo Horizonte

2) CRUZEIRO - 3 ANOS, 8 MESES, 20 DIAS
20/09/1925 - Cruzeiro 5 a 3 - amistoso
14/08/1927 - Atlético 4 a 2 - Campeonato de Belo Horizonte
27/11/1927 - Atlético 9 a 2 - Campeonato de Belo Horizonte
02/09/1928 - Atlético 2 a 0 - Campeonato de Belo Horizonte
16/12/1928 - Empate 2 a 2 - Campeonato de Belo Horizonte
09/06/1929 - Cruzeiro 3 a 1 - Campeonato de Belo Horizonte

3) CRUZEIRO - 2 ANOS, 10 MESES, 15 DIAS
03/06/1990 - Cruzeiro 1 a 0 - Campeonato Mineiro
30/09/2000 - Atlético 2 a 0 - Campeonato Brasileiro
17/02/1991 - Empate 2 a 2 - Campeonato Brasileiro
24/11/1991 - Atlético 2 a 0 - Campeonato Mineiro
15/12/1991 - Atlético 1 a 0 - Campeonato Mineiro
29/03/1992 - Atlético 2 a 0 - Campeonato Brasileiro
18/04/1993 - Cruzeiro 2 a 1 - Campeonato Mineiro

4) CRUZEIRO - 2 ANOS, 10 MESES, 8 DIAS
28/09/1969 - Cruzeiro 2 a 1 - Torneio Roberto Gomes Pedrosa
01/02/1970 - Atlético 2 a 1 - amistoso
30/05/1970 - Empate 2 a 2 - Taça Belo Horizonte
02/08/1970 - Atlético 2 a 1 - Campeonato Mineiro
20/09/1970 - Empate 1 a 1 - Campeonato Mineiro
25/10/1970 - Empate 1 a 1 - Campeonato Brasileiro
13/12/1970 - Empate 1 a 1 - Campeonato Brasileiro
02/05/1971 - Atlético 1 a 0 - Campeonato Mineiro
27/06/1971 - Atlético 1 a 0 - Campeonato Mineiro
10/10/1971 - Empate 1 a 1 - Campeonato Brasileiro
21/05/1972 - Empate 1 a 1 - Campeonato Mineiro
06/08/1972 - Cruzeiro 1 a 0 - Campeonato Mineiro

5) ATLETICO - 2 ANOS, 6 MESES, 20 DIAS
02/09/1928 - Atlético 2 a 0 - Campeonato de Belo Horizonte
16/12/1928 - Empate 2 a 2 - Campeonato de Belo Horizonte
09/06/1929 - Cruzeiro 3 a 1 - Campeonato de Belo Horizonte
17/11/1929 - Cruzeiro 5 a 2 - Campeonato de Belo Horizonte
31/05/1930 - Cruzeiro 2 a 1 - Campeonato de Belo Horizonte
01/03/1931 - Cruzeiro 4 a 3 - amistoso
22/03/1931 - Atlético 3 a 0 - amistoso

6) ATLETICO - 2 ANOS, 4 MESES, 17 DIAS
03/06/2000 - Atlético 2 a 1 - Campeonato Mineiro
08/06/2000 - Empate 1 a 1 - Campeonato Mineiro
30/09/2000 - Cruzeiro 4 a 2 - Campeonato Brasileiro
28/02/2001 - Empate 1 a 1 - Copa Sul Minas
03/03/2001 - Empate 1 a 1 - Campeonato Mineiro
10/03/2001 - Cruzeiro 3 a 1 - Copa Sul Minas
06/10/2001 - Empate 2 a 2 - Campeonato Brasileiro
23/02/2002 - Empate 1 a 1 - Copa Sul Minas
21/04/2002 - Empate 1 a 1 - Copa Sul Minas
28/04/2002 - Empate 1 a 1 - Copa Sul Minas
26/05/2002 - Cruzeiro 1 a 0 - Supercampeonato Mineiro
20/10/2002 - Atlético 2 a 1 - Campeonato Brasileiro

7) ATLETICO - 2 ANOS, 4 MESES, 1 DIA
26/06/1966 - Atlético 3 a 2 - amistoso
29/06/1966 - Empate 0 a 0 - amistoso
18/09/1966 - Cruzeiro 2 a 0 - Campeonato Mineiro
11/12/1966 - Empate 1 a 1 - Campeonato Mineiro
05/03/1967 - Cruzeiro 4 a 0 - Torneio Roberto Gomes Pedrosa
10/09/1967 - Empate 0 a 0 - Campeonato Mineiro
26/11/1967 - Empate 3 a 3 Campeonato Mineiro
14/01/1968 - Cruzeiro 3 a 1 - Campeonato Mineiro
21/01/1968 - Cruzeiro 3 a 0 - Campeonato Mineiro
02/06/1968 - Cruzeiro 2 a 1 - Campeonato Mineiro
08/09/1968 - Empate 1 a 1 - Campeonato Mineiro
27/10/1968 - Atlético 1 a 0 - Torneio Roberto Gomes Pedrosa

8) CRUZEIRO - 2 ANOS, 2 MESES, 13 DIAS
29/07/1979 - Cruzeiro 1 a 0 - Campeonato Mineiro
01/08/1979 - Empate 1 a 1 - Campeonato Mineiro
05/08/1979 - Atlético 1 a 0 - Campeonato Mineiro
26/08/1979- Atlético 3 a 0 - Campeonato Mineiro
09/09/1979 - Empate 0 a 0 - Campeonato Mineiro
07/10/1979 - Empate 1 a 1 - Campeonato Brasileiro
02/12/1979 - Empate 0 a 0 - Campeonato Brasileiro
26/10/1980 - Atlético 1 a 0 - Campeonato Mineiro
30/11/1980 - Atletico 2 a 0 - Campeonato Mineiro
28/06/1981 - Empate 0 a 0 - Campeonato Mineiro
11/10/1981 - Cruzeiro 1 a 0 - Campeonato Mineiro

9) CRUZEIRO - 2 ANOS, 23 DIAS
10/04/1985 - Cruzerio 3 a 2 - Campeonato Brasileiro
01/09/1985 - Atlético 3 a 1 - Campeonato Mineiro
15/09/1985 - Empate 1 a 1 - Campeonato Mineiro
25/09/1985 - Empate 0 a 0 - Campeonato Mineiro
27/10/1985 - Empate 1 a 1 - Campeonato Mineiro
17/11/1985 - Empate 0 a 0 - Campeonato Mineiro
01/12/1985 - Atlético 3 a 1 - Campeonato Mineiro
08/12/1985 - Empate 0 a 0 - Campeonato Mineiro
11/12/1985 - Empate 2 a 2 - Campeonato Mineiro
15/12/1985 - Atlético 1 a 0 - Campeonato Mineiro
02/03/1986 - Atlético 2 a 0 - Campeonato Mineiro
27/04/1986 - Atlético 1 a 0 - Campeonato Mineiro
08/02/1987 - Empate 0 a 0 - Campeonato Brasileiro
11/02/1987 - Empate 1 a 1 - Campeonato Brasileiro
03/05/1987 - Cruzeiro 1 a 0 - Campeonato Mineiro

10) ATLETICO - 1 ANO, 11 MESES, 20 DIAS
20/02/2005 - Atlético 2 a 0 - Campeonato Mineiro
26/03/2005 - Cruzeiro 1 a 0 - Campeonato Mineiro
03/04/2005 - Empate 0 a 0 - Campeonato Mineiro
10/07/2005 - Cruzeiro 2 a 1 - Campeonato Brasileiro
16/10/2005 - Cruzeiro 1 a 0 - Campeonato Brasileiro
05/02/2006 - Empate 1 a 1 - Campeonato Mineiro
19/03/2006 - Empate 2 a 2 - Campeonato Mineiro
26/03/2006 - Cruzeiro 2 a 0 - Campeonato Mineiro
10/02/2007 - Atlético 3 a 1 - Campeonato Mineiro

11) ATLETICO - 1 ANO, 11 MESES - O Atlético ficou sem vencer o clássico de 20/07/1997 a 20/06/1999; neste período foram disputados 8 confrontos com 5 vitórias do Cruzeiro e 3 empates

12) ATLETICO - 1 ANO, 10 MESES, 24 DIAS - O Atlético ficou sem vencer o clássico de 02/08/1964 a 26/06/1966; neste período foram disputados 7 confrontos com 7 vitórias do Cruzeiro

13) ATLETICO - 1 ANO, 9 MESES, 18 DIAS - O Atlético ficou sem vencer o clássico de 30/05/1943 a 18/03/1945; neste período foram disputados 5 confrontos com 4 vitórias do Cruzeiro e 1 empate

14) CRUZEIRO - 1 ANO, 9 MESES - O Cruzeiro ficou sem vencer o clássico de 25/06/1952 a 25/03/1954; neste período foram disputados 7 confrontos com 3 vitórias do Atlético e 4 empates
15) ATLETICO - 1 ANO, 8 MESES, 23 DIAS - O Atlético está sem vencer o clássico de 29/04/2007 a 17/01/2009; neste período foram disputados 8 confrontos com 7 vitórias do Cruzeiro e 1 empate

16) CRUZEIRO - 1 ANO, 8 MESES, 14 DIAS - O Cruzeiro ficou sem vencer o clássico de 30/01/1955 a 14/10/1956; neste período foram disputados 9 confrontos com 5 vitórias do Atlético e 4 empates

17) ATLETICO - 1 ANO, 7 MESES, 28 DIAS - O Atlético ficou sem vencer o clássico de 27/06/1971 a 25/02/1973; neste período foram disputados 7 confrontos com 2 vitórias do Cruzeiro e 5 empates

18) CRUZEIRO - 1 ANO, 7 MESES, 24 DIAS - O Cruzeiro ficou sem vencer o clássico de 05/01/1936 a 29/08/1937; neste período foram disputados 3 confrontos com 3 vitórias do Atlético

19) CRUZEIRO - 1 ANO, 7 MESES, 10 DIAS - O Cruzeiro ficou sem vencer o clássico de 22/02/1976 a 02/10/1977; neste período foram disputados 8 confrontos com 6 vitórias do Atlético e 2 empates

20) CRUZEIRO - 1 ANO, 6 MESES, 4 DIAS - O Cruzeiro ficou sem vencer o clássico de 01/11/1931 a 28/05/1933; neste período foram disputados 4 confrontos com 2 vitórias do Atlético e 2 empates

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

A volta do volei no Cruzeiro

Time feminino de vôlei do Cruzeiro da década de 1950

A notícia do acordo firmado entre o Sada (grupo do seguimento de transportes) e o Cruzeiro para a formação de um time de volei para a disputa da Superliga Masculina em 2009, marca o retorno do Clube ao voleibol, após 40 anos. O Cruzeiro deixou de disputar os certames de volei na década de 1960.

O primeiro time de volei do Cruzeiro foi criado em 1930, quando Aristoles Lodi e Italo Frattesi - o Bengala, fundaram os departamentos de volei e basquete no Clube. O Basquete desenvolveu-se rapidamente devido a paixão de Bengala pelo esporte, mas o volei não teve a mesma atenção tanto no Barro Preto, quanto em outros Clubes.

Ao contrario do basquete que teve a sua primeira federação mineira fundada em 1932 por Cruzeiro, América, Atlético, AMA, Florestina, Sport Calafate e Associação Mineira de Moços, o vôlei não obteve o mesmo espaço e somente foi organizar uma federação em 1936. O primeiro Campeonato feminino foi disputado em 1936 e a Academia Fischer sagrou-se o primeiro campeão de Belo Horizonte. O primeiro Campeonato Masculino foi em 1938 e o Minas Tênis Clube faturou o título. O vôlei era tão desprestigiado em seus primórdios que em 1939 foi anexado a Federação Mineira de Basquete. Os primeiros Campeonatos Estaduais somente passariam a ser disputados a partir da década de 1950 entre o Campeão de Belo Horizonte e o Campeão do Interior.

O Cruzeiro disputou os campeonatos de volei até meados da decada de 1960 e o resultado mais expressivo obtido foi no feminino que sagrou-se campeão de Belo Horizonte no certame de times B (aspirantes) em 1955.

PRIMEIRO JOGO DE VOLEI FOI DISPUTADO EM 1921 NUM DESAFIO DOS SEXOS
A primeira partida de volei de Belo Horizonte foi curiosamente disputada num campo de futebol, mais precisamente, no extinto estádio do Prado Mineiro, onde atualmente está o quartel da Policia Militar no bairro do Prado. Foi no feriado de 7 de setembro de 1921 e serviu como preliminar do amistoso entre América e Atlético. Foi um desafio entre um time formado por mulheres e outro por homens. A partida foi bastante disputada e equilibrada e o time masculino venceu pelo placar de 31 a 28.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Cinco estrelas foi a camisa da vitória em 2008


O uniforme oficial do Cruzeiro em 2008 que é a camisa azul das cinco estrelas foi utilizado em 46 partidas da temporada. Com ele foram 29 vitórias, 7 empates e 10 derrotas. A combinação mais azarada foi a de calção e meias azuis, pois em 9 partidas sofreu 5 derrotas. A mais utilizada foi a de calção e meias brancas (23 jogos e 16 vitórias) e a mais vitoriosa foi a de calção branco e meias azuis (14 jogos e 10 vitórias).

Camisa azul (cinco estrelas), calção e meia branca
27/01/2008 - 4 x 0 Uberaba

24/02/2008 - 3 x 2 Villa Nova
13/03/2008 - 0 x 1 Rio Branco
22/03/2008 - 2 x 1 EC Democrata
27/03/2008 - 1 x 1 Ituiutaba
30/03/2008 - 2 x 0 Ipatinga
06/04/2008 - 2 x 1 Tupi
12/04/2008 - 4 x 4 Ituiutaba
20/04/2008 - 3 x 1 Ituiutaba
04/05/2008 - 1 x 0 Atletico
10/05/2008 - 2 x 0 Vitoria
17/05/2008 - 1 x 0 Botafogo
25/05/2008 - 4 x 0 Santos
08/06/2008 - 1 x 0 Vasco
21/06/2008 - 3 x 0 Figueirense
29/06/2008 - 1 x 1 São Paulo
05/07/2008 - 0 x 1 Sport
13/07/2008 - 2 x 1 Atletico
16/07/2008 - 1 x 0 Atletico-PR
23/07/2008 - 0 x 1 Goias
30/07/2008 - 4 x 2 Nautico
07/08/2008 - 2 x 0 Internacional
31/08/2008 - 1 x 1 Coritiba
Camisa azul (cinco estrelas), calçao branco e meia azul

09/03/2008 - 0 x 0 Atletico
27/04/2008 - 5 x 0 Atletico
01/06/2008 - 1 x 1 Coritiba
04/09/2008 - 3 x 1 Vasco
14/09/2008 - 0 x 1 Palmeiras
21/09/2008 - 4 x 3 Figueirense
02/10/2008 - 1 x 0 Sport
09/10/2008 - 1 x 0 Ipatinga
19/10/2008 - 2 x 0 Atletico
25/10/2008 - 0 x 1 Atletico-PR
29/10/2008 - 3 x 0 Gremio
09/11/2008 - 1 x 0 Fluminense
23/11/2008 - 3 x 2 Flamengo
07/12/2008 - 4 x 1 Portuguesa
Camisa azul (cinco estrelas), calção e meia azul

01/03/2008 - 2 x 1 Social
10/07/2008 - 2 x 2 Ipatinga
16/04/2008 - 1 x 5 Real Potosi
26/07/2008 - 3 x 1 Fluminense
03/08/2008 - 2 x 1 Flamengo
10/08/2008 - 1 x 2 Portuguesa
28/09/2008 - 0 x 2 São Paulo
15/11/2008 - 2 x 5 Nautico
30/11/2008 - 0 x 1 Internacional

Camisa com escudo foi o uniforme principal na Libertadores em 2008

A camisa azul com o escudo, que já foi o uniforme oficial do Cruzeiro entre 1943 e 1959, foi anunciada como o uniforme numero 3, mas estranhamente foi utilizado como o principal na mais importante competição que o clube disputou no ano, a Taça Libertadores. Com o escudo na camisa o Cruzeiro disputou 6 das 10 partidas que disputou no Campeonato Sulamericano. Ao todo o time entrou em campo com o uniforme em 9 partidas (5 vitórias, 1 empate e 3 derrotas).

com calção e meia branca
13/02/2008 - 3 x 0 Real Potosi
04/03/2008 - 3 x 0 Caracas
07/05/2008 - 1 x 2 Boca Juniors
16/08/2008 - 2 x 1 Vitoria
20/08/2008 - 0 x 1 Botafogo
com calção branco e meia azul
30/01/2008 - 3 x 1 Cerro Porteño
18/03/2008 - 1 x 1 Caracas
com calção e meia azul
03/04/2008 - 3 x 1 San Lorenzo
24/08/2008 - 0 x 2 Santos

Camisa branca esteve em baixa em 2008

A tradicional camisa branca do Cruzeiro que foi utilizada pela primeira vez em 1950 esteve em baixa no ano de 2008. O time entrou em campo com o uniforme reserva em 8 partidas (3 vitórias, 1 empate e 4 derrotas). Curiosamente a combinação tradicional com o calção e as meias brancas só foi utilizada três vezes. E a camisa branca não teve sorte, pois foi com ela que o Cruzeiro sofreu duas das quatro goleadas que levou em 2008: (Palmeiras 5 a 2 e Goiás 3 a 0).

com calção e meia branca
11/02/2008 - 3 x 0 Democrata FC
16/02/2008 - 3 x 2 Guarani
30/04/2008 - 1 x 2 Boca Juniors
com calção azul e meia branca

21/02/2008 - 0 x 0 San Lorenzo
com calção e meia azul

06/02/2008 - 3 x 2 Cerro
12/06/2008 - 2 x 5 Palmeiras
02/11/2008 - 0 x 3 Goias
com calção branco e meia azul

19/07/2008 - 0 x 1 Gremio

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

CRUZEIRO 88 ANOS DE VITÓRIAS

O Cruzeiro Esporte Clube comemora nesta sexta-feira, 2 de janeiro de 1921, seus 88 anos de existência. Desde a estréia vitoriosa por 2 a 0 contra um combinado de Nova Lima-MG formado por jogadores do Villa Nova e do Palmeiras, no extinto estádio do Prado Mineiro, em 3 de abril de 1921, realizou até hoje 4.337 jogos e obteve 2.319 vitórias, 1.045 empates e 973 derrotas. O ataque cruzeirense marcou 8.361 gols e a defesa sofreu 4.703

Neste período sagrou-se bicampeão sulamericano de 1976 e 1997, bicampeão brasileiro de 1966 e 2003, diversas vezes campeão mineiro e de outras competições a nivel internacional, nacional e regional.

O maior artilheiro da história do Clube é Tostão com 242 gols e o jogador que mais vezes atuou pelo clube foi o meiocampo Zé Carlos com 619 jogos. O jogador com maior numero de conquistas foi o volante Ricardinho com 15 títulos.

Os primeiros ídolos nacionais que destacaram-se com a camisa do Clube surgiram na década de 1960 e foram o goleiro Raul, o volante Piazza, os meiocampistas Dirceu Lopes, Tostão, Zé Carlos e o atacante Natal.

O clube cedeu 7 jogadores para a Seleção Brasileira em 7 Copas do Mundo: Tostão (1966, 1970), Piazza (1970, 1974), Fontana (1970), Nelinho (1974 e 1978), Ronaldo (1994), Dida (1998) e Edilson (2002). O clube ainda cedeu o zagueiro Perfumo para a Seleção da Argentina em 1974.

O Cruzeiro começou sua história em reuniões em salas cedidas pela Casa de Italia, na rua Tamoios, no centro de Belo Horizonte em que estiveram presentes uma centena de fundadores. Nestes 88 anos o clube aumentou seu patrimônio, que começou com a compra do quarteirão do bairro do Barro Preto entre as avenidas augusto de lima e ruas guajajaras, araguari e ouro preto,
onde construiu com o dinheiro arrecadado pelos próprios fundadores o Estádio do Barro Preto em 1923 e a primeira sede social em 1956. Com um terreno cedido por Americo Rene Gianetti ergueu em 1961 a sede campestre no bairro da pampulha. Em 1967 adquiriu um terreno no bairro Bandeirantes na Pampulha e inaugurou a Toca da Raposa, que durante duas Copas do Mundo, foi a concentração oficial da Seleção Brasileira e a mais moderna do futebol latino americano. Em 2002 o Clube inaugurou a Toca da Raposa II no bairro Trevo, também na região da pampulha e, em 2003, a atual sede social na rua dos Timbiras no Bairro do Barro Preto. A primeira centena de desportistas que deram início a história do Clube em 1921 multiplicaram-se em uma nação de 7 milhões de cruzeirenses espalhados pelo país.